Santos

Contra ex-clube, Lucas Lima enfrenta seu 1º grande teste no Palmeiras

Lucas Lima foi um dos principais responsáveis pelo acirramento da rivalidade entre os clubes nos últimos três anos.

Comentar
Compartilhar
03 FEV 2018Por Folhapress21h26
Lucas Lima, em coletiva de imprensa, quando ainda era convocado por Tite.Foto: Divulgação/Fotos Públicas/CBF

O meia Lucas Lima, 27, reencontrará neste domingo (4) o time que o projetou para o futebol brasileiro. Principal contratação do Palmeiras para a temporada, o jogador será titular contra o Santos, às 17h, no Allianz Parque.

Lucas Lima foi um dos principais responsáveis pelo acirramento da rivalidade entre os clubes nos últimos três anos. Na final do Paulista de 2015, quando vestia a camisa do time alvinegro, o meia cobrou o pênalti que garantiu o título estadual sobre o rival.

Dias depois da decisão, fez uma tatuagem na perna do momento em que pega a bola para efetuar a cobrança. O atleta recebeu o troco no final daquele ano. O Palmeiras foi campeão da Copa do Brasil contra o Santos, nos pênaltis. Um dos destaques do jogo foi o volante Matheus Sales, então com 20 anos, que praticamente anulou o santista. A piada após a partida era de que o jovem havia colocado o rival "no bolso".

As provocações continuaram em 2016. Lucas Lima publicava risadas no Twitter sempre que o Palmeiras sofria um tropeço. Foi assim após a goleada para o Água Santa por 4 a 0, no Paulista, e a queda na Libertadores.

Em julho daquele ano, após um clássico, publicou uma foto em que corria com a bola dominada. Ao fundo, Matheus Sales aparecia caído no gramado.

No final de 2016, após o título brasileiro, o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, puxou um coro de xingamentos ao meia de cima de um trio elétrico. "Ei, Lucas Limas, vai tomar no c...", gritou Mattos, acompanhado pelos torcedores.

Lucas Limas registrou nove vitórias, três empates e quatro derrotas em clássicos contra o Palmeiras.
Do lado do time alviverde agora, o meia cutucou o rival, com quem teve uma relação de amor e ódio nos últimos meses de 2017. Ao ser apresentado, afirmou que veio para "jogar em estádio lotado".

Titular nos quatro jogos do time no ano -tem 100% de aproveitamento-, ele marcou um gol na estreia e deu duas assistências.

Na sexta (2), o técnico santista, Jair Ventura, disse que não ordenará que seus jogadores marquem individualmente o meia. Ele disse também não ver problemas se o jogador fizer provocações.
"Desde que não falte respeito. É natural. Assim o futebol sai um pouco do 'mais do mesmo'", declarou.

NOVIDADES

Do outro lado, o Santos terá o atacante Gabriel, que deverá começar o jogo no banco de reservas. O jogador retornou ao clube após uma passagem sem brilho pelo futebol europeu. Ele tem o Palmeiras como sua maior vítima em clássicos contra rivais paulistas -marcou seis gols.

Em 12 jogos contra o time alviverde, acumula um retrospecto de seis vitórias, três empates e três derrotas.

Horário: 17h
Estádio: Allianz Parque, em São Paulo
Juiz: Flávio Rodrigues de Souza

PALMEIRAS
Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luís; Felipe Melo, Tchê Tchê e Lucas Lima; Willian, Dudu e Borja
T.: Roger Machado

SANTOS
Vanderlei; Daniel Guedes, Luiz Felipe, David Braz e Caju; Alison; Copete, Vecchio, Renato e Arthur Gomes; Eduardo Sasha
T.: Jair Ventura

Colunas

Contraponto