12h : 51min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Com ineficiência no ataque, Santos prioriza treino de finalização

Nesta segunda-feira, o técnico Levir Culpi comandou trabalho de arremate. Os atacantes Nilmar e Ricardo Oliveira, e os laterais Ourinho e Daniel Guedes foram destaques

Comentar
Compartilhar
04 SET 2017Por Diário do Litoral18h22
A jogada ensaiada consistia em tabela com o companheiro e finalizações a golFoto: Divulgação/Santos FC

Com apenas dois gols marcados nas últimas cinco partidas, o Santos iniciou a semana de treinos no CT Rei Pelé com foco nas finalizações. Nesta segunda-feira, os homens de frente foram testados em exaustivo trabalho de arremate e alguns jogadores chamaram a atenção da Comissão Técnica.

A jogada ensaiada consistia em tabela com o companheiro e finalizações a gol – alternando a perna boa e a ruim. Os centroavantes Ricardo Oliveira e Nilmar acertaram a maioria dos chutes e foram destaques. O atacante Bruno Henrique e o centroavante Kayke também tiveram bom rendimento.

Em outro lado do campo, os jogadores que compõem o sistema defensivo também fizeram trabalho de finalização. Os laterais recebiam passe pelas pontas e cruzavam para o cabeceio ou finalização dos zagueiros e meio-campistas. Neste treino, o lateral-esquerdo Ourinho, recém-promovido do Santos B, chamou a atenção pela precisão nos cruzamentos. Reserva no outro lado, Daniel Guedes também foi bem.

Sem atuar desde o empate com o Cruzeiro, no último dia 28, o Santos segue com os trabalhos até o próximo sábado (09), véspera do clássico com o Corinthians, pela 23ª rodada do Brasileirão. O treino desta terça-feira (05) será realizado em dois períodos: pela manhã treino técnico e à tarde uma atividade mais leve.

O técnico Levir Culpi ainda promoverá alguns testes ao longo da semana, mas a tendência é que ele faça apenas uma alteração em relação ao time que empatou com a Raposa, por 1 a 1. O zagueiro Gustavo Henrique deve entrar no lugar do titular David Braz, que terá de cumprir suspensão automática na próxima rodada.

Colunas

Contraponto