Pref 13 e 14

Após sete jogos, Verdão tem quase mesmo número de derrotas que em 2016

Com os resultados negativos, o Palmeiras é apenas o 15º colocado do Campeonato Brasileiro com sete pontos, 12 atrás do líder Corinthians

Comentar
Compartilhar
16 JUN 2017Por Gazeta Press15h00

Depois de comemorar o título do Campeonato Brasileiro de 2016 com somente seis derrotas durante toda a campanha, o torcedor do Palmeiras se depara com uma situação bastante diferente neste ano. Em apenas sete partidas, o Verdão já foi derrotado quatro vezes no torneio nacional.

No ano passado, o Verdão saiu de campo com um resultado negativo contra Ponte Preta, São Paulo, Cruzeiro, Botafogo, Santos e Atlético-MG, sendo apenas o Galo no Estádio Palestra Itália. Já neste ano, todos os revezes palmeirenses aconteceram fora de casa – contra Chapecoense, São Paulo, Coritiba e Santos. Para agravar o quadro, as quatro derrotas aconteceram sem conseguir anotar um gol sequer.

“Não é o ideal, mas temos de colocar o trem no trilho e depois embalar. Depois de embalar fica difícil sair do trilho. Acho que estamos conseguindo devagarzinho. Vai ter momentos de paradas em algumas estações, e a gente tem que saber lidar com isso. Quanto menos tempo parar nas estações, você tem uma chance boa, mesmo estando a 12 pontos de chegar na frente. É uma distância grande, mas temos de estar bem preparados para dar uma embalada boa”, afirmou Cuca.

Com os resultados negativos, o Palmeiras é apenas o 15º colocado do Campeonato Brasileiro com sete pontos, 12 atrás do líder Corinthians. Pensando em melhorar o desempenho fora de casa, Cuca usa como base o clássico contra o Santos na última quarta-feira, quando o Verdão foi derrotado na Vila Belmiro, mas mostrou um melhor futebol na visão do treinador.

“Não adianta querer justificar as derrotas que tivemos, dizer que tivemos time reserva em tal lugar, desfalques em outro… o importante para mim é o desempenho. É de se lamentar o resultado contra o Santos, mas já jogamos pior que isso e empatamos na Vila Belmiro. Bem pior. O clássico de quarta-feira era uma partida para termos vencido. Não ocorreu, mas saímos contentes com o desempenho, temos de manter para dar uma arrancada, afirmou o treinador.

Na próxima rodada, o Palmeiras tem a oportunidade de melhorar o retrospecto longe de sua Arena. Neste domingo, o Alviverde visita o Bahia, às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em jogo pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Colunas

Contraponto