01h : 55min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Após fim do sonho, Copete pede Vila Belmiro lotada em 'despedida'

Após ver o arquirrival Palmeiras ficar com o título do Brasileirão, o Santos entra em campo pela última vez no ano neste domingo, contra o América-MG

Comentar
Compartilhar
28 NOV 2016Por Alyson Gonçalo17h10
Copete espera contar com uma Vila Belmiro lotada para o último jogo do Peixe no torneioFoto: Ivan Storti/ Santos FC

Após derrota para o Flamengo, no último domingo, o Santos perdeu todas as possibilidades de título e viu o arquirrival Palmeiras sagrar-se campeão do Campeonato Brasileiro. Apesar do fim do sonho de conquista, o atacante Jonathan Copete espera contar com uma Vila Belmiro lotada para o último jogo do Peixe no torneio, contra o América-MG, neste domingo, às 17h.

Já garantido na fase de grupos da Libertadores da América 2017, o Peixe quer retomar a segunda colocação na última rodada. Com a derrota para o time carioca, o Peixe caiu para terceiro, ficando dois pontos atrás do próprio Flamengo (70 a 68). Uma retomada da vice-liderança garantiria R$ 10,7 milhões, enquanto o terceiro lugar ficaria com R$ 7,3 milhões.

“Precisamos do apoio dos torcedores no jogo da última rodada. Pode decidir a segunda colocação na tabela de classificação. Já alcançamos um dos objetivos, que era a vaga direta para a Libertadores, mas vamos seguir trabalhando e buscar fazer um grande jogo no domingo”, declarou o jogador, em entrevista ao site oficial do clube.

Autor de 12 gols e cinco assistências nesta temporada, o atacante colombiano espera ainda confirmar o seu ótimo início no clube alvinegro. Ele chegou ao Santos em junho deste ano, após grande passagem pelo Atlético Nacional, da Colômbia, e se tornou uma das grandes referências do time do técnico Dorival Júnior nesta reta final de competição.

“Minha avaliação é positiva. Tanto para o meu desempenho, quanto para o dos meus companheiros. Fizemos um bom trabalho dentro do campeonato. Sabemos que temos que melhorar ainda mais para a próxima temporada, porque teremos objetivos ainda maiores”, completou.

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar