Pref 13 e 14

Após expulsão, Dorival tem dúvida sobre novo lateral esquerdo

Sem Jean Mota - expulso na última quarta-feira -, Zeca e Caju, o treinador promoverá alguns testes nos próximos treinos

Comentar
Compartilhar
20 ABR 2017Por Diário do Litoral18h50
Jean Mota estava atuando improvisado na lateralFoto: Divulgação

O Santos volta a atuar pela Libertadores da América, contra o Santa Fé (COL), apenas no próximo dia 04, mas o técnico Dorival Júnior já tem um problema para resolver. O meia Jean Mota, que estava atuando improvisado na lateral, recebeu cartão vermelho, na última quarta, e será ausência.

O titular Zeca passou por uma cirurgia no joelho esquerdo, na última semana, e também não estará à disposição, assim como o reserva imediato Caju, que se recupera de uma lesão muscular, não tem previsão de retorno. Sendo assim, Dorival deve promover alguns testes nos próximos treinos.

A principal opção para solucionar o problema é o atacante canhoto Copete. Ele foi testado na lateral esquerda nas atividades do último final de semana e foi elogiado pela Comissão Técnica, já que consegue preencher espaço defensivamente e tem facilidade para chegar até a linha de fundo.

Uma outra alternativa é o deslocamento do lateral-direito Matheus Ribeiro para o lado oposto. Ele é ambidestro e já atuou como lateral esquerdo no Atlético-PR e até mesmo no Atlético-GO, onde foi peça fundamental no título da equipe na Série B do Brasileirão 2016 e despertou interesse do Peixe.

A última (e pouco provável) alternativa seria o lateral-direito Daniel Guedes. Revelado na base do clube, ele subiu ao profissional em 2015, ganhou algumas oportunidades no time titular, mas perdeu espaço nos últimos dois anos. Nesta temporada, por exemplo, ele não atuou em nenhuma partida.

Colunas

Contraponto