14h : 31min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Ainda sem somar pontos fora de casa, Palmeiras testa força de 'retiro' na Bahia

O técnico Cuca antecipou a ida à cidade e aumentou o período de concentração do elenco para melhorar a preparação para o jogo

Comentar
Compartilhar
18 JUN 2017Por Estadão Conteúdo13h30
Cuca tentou isolar o Palmeiras após a derrota para o SantosFoto: Agência Palmeiras

A insatisfação com os resultados irregulares e a falta de pontos fora de casa levou o Palmeiras a mudar a programação para enfrentar o Bahia, neste domingo, às 16 horas, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Cuca antecipou a ida à cidade e aumentou o período de concentração do elenco para melhorar a preparação para o jogo.

Em vez de viajar para partidas fora de casa apenas na véspera, o Palmeiras foi para Salvador já na sexta pela manhã. O time realizou dois treinos fechados no CT do Vitória, para intensificar também o ambiente de concentração antes do jogo, na Arena Fonte Nova, além da ambientação ao forte calor.

"Viajar antes foi a questão de ter um tempo de interação maior com o jogador, preparação maior para o jogo. O nosso desempenho está bom, mas os resultados não", disse Cuca.

A falta de resultados fora de casa incomoda a equipe. Até agora neste Brasileiro o Palmeiras perdeu os quatro jogos disputados como visitante. O rendimento ruim tem segurado o atual campeão na metade de baixo da tabela, próximo da zona de rebaixamento.

Embora o treinador tenha gostado da atuação do time na derrota de quarta-feira para o Santos, por 1 a 0, na Vila Belmiro, o revés no clássico desanimou o grupo. A falta de resultados como visitante deixou o Palmeiras 12 pontos atrás do líder, o rival Corinthians. A reação, portanto, é urgente.

A preocupação do treinador é não conseguir obter nesses jogos seguintes pelo Brasileiro um bom rendimento do time. Com as oitavas de final da Copa Libertadores marcadas para o começo do próximo mês, o Palmeiras teme chegar ao confronto com o Barcelona, em Guayaquil, no Equador, sem confiança e em crise interna.

A cobrança para somar os primeiros pontos fora de casa é grande, mas o adversário tem ótimo aproveitamento na Fonte Nova. O Bahia ganhou os três confrontos como mandante até agora. Pelo menos para enfrentar esse desafio, a lista de desfalques está menor. Mesmo que o atacante Dudu não tenha se recuperado de lesão na virilha esquerda, os colombianos Mina e Borja estão de volta depois de perderem três jogos enquanto estavam em amistosos na Espanha pela seleção.

Supersticioso, Cuca torce para que o nascimento da primeira neta, Eloáh, na última sexta-feira, possa dar sorte à equipe na Bahia. "Todos nós podemos dar mais, a começar por mim. Um pouquinho que a gente for melhor já pode ser o que a gente precisa para vencer", afirmou.

Colunas

Contraponto