Entrada da Cidade

Via Anchieta terá bloqueio no km 22 para obras de ampliação

Intervenções vão ocorrer entre 22h e 5h da manhã para menor impacto no tráfego dos usuários

Comentar
Compartilhar
21 FEV 2018Por Da Reportagem20h01
Obras acontecerão durante a madrugadaFoto: Agência Brasil

Em continuidade às obras de construção da marginal da via Anchieta, realizadas pela Ecovias, entre o km 23 e o km 18, no trecho de São Bernardo do Campo, sentido Capital, a partir deste sábado (24), haverá bloqueios totais e parciais da via, no sentido São Paulo, na altura do km 22, próximo aos bairros Assunção e Alvarenga.

Nessa fase das obras, serão lançadas as vigas do alargamento do viaduto Luiz Martins de Oliveira, sobre a avenida João Firmino. Para isso, entre às 22h do dia 24 e 5h do dia 25 de fevereiro, haverá o bloqueio total da marginal da via Anchieta, sentido São Paulo, e bloqueio da faixa 02 da pista expressa também no sentido São Paulo. Neste período também haverá quatro bloqueios totais da avenida João Firmino/Joaquim Nabuco, com duração de 20 minutos cada.

Já entre 22h do dia 25 e 5h do dia 26 de fevereiro, haverá interdição alternada das faixas de rolamento das avenidas João Firmino/Joaquim Nabuco e entre os dias 25 de fevereiro e 02 de março, das 22h às 5h, haverá o fechamento total da marginal norte.

As intervenções serão devidamente orientadas e sinalizadas pela concessionária.

Marginal norte da Anchieta

O objetivo das obras é ampliar a capacidade do tráfego no trecho sentido São Paulo com a implantação de mais três faixas entre o km 18 e o km 23. A nova configuração oferecerá aos usuários pistas centrais e marginais em ambos os sentidos do km 10 ao km 23, região de maior movimentação em todo o Sistema Anchieta-Imigrantes.

As obras incluem também a ampliação de uma passarela no km 21+360, que contará com rampas para atender pessoas com mobilidade reduzida. Além do alargamento do viaduto Luiz Martins de Oliveira, no km 21+800, que passará a contar com cinco faixas de rolamento mais acostamento.

As obras fazem parte das obrigações contratuais estabelecidas com o governo do Estado de São Paulo, sob regulação da Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo).

Colunas

Contraponto