Banner Sabesp

Vereador denuncia desmanche de carros oficiais

Marcos Mohai Szabó postou fotos dos veículos, ainda com placas, e conseguiu ontem aprovar, via requerimento na Câmara, pedido de informações ao prefeito

Comentar
Compartilhar
14 DEZ 2017Por Carlos Ratton10h14
O vereador de Peruíbe Marcos Mohai Szabó (PSDC) denunciou ontem o desmanche de carros oficiais e não-oficiais, retirados do pátio da cidadeFoto: Divulgação

Em um áudio veiculado pelo WhatsApp e redes sociais, o vereador de Peruíbe Marcos Mohai Szabó (PSDC) denunciou ontem o desmanche de carros oficiais e não-oficiais, retirados do pátio da cidade. O parlamentar postou, inclusive, fotos dos veículos, ainda com placas, e conseguiu ontem aprovar, via requerimento na Câmara, pedido de informações ao prefeito Luiz Maurício Passos de Carvalho (PSDB).

Segundo informou ao seu grupo de relacionamento, os veículos seriam da Prefeitura que foram cortados para fazer decorações de Natal, recuperar carros alegóricos de Carnaval, trios elétricos e outros. “Sabemos que estamos com grande deficiência de veículos não só no Departamento de Saúde, como nos demais da Prefeitura”, ressaltou.

Marcos Mohai alerta que obteve a informação que os veículos deveriam ser leiloados e citou até o corte de uma Kombi fabricada em 2010. “Sete anos de uso. Há munícipes que possuem carros com mais de sete anos circulando, inclusive o meu. Estou postando para que todos acompanhem nosso trabalho (fiscalização) de perto, para que possamos, juntos, cobrar o prefeito e o Executivo”, disse.

Por telefone, o vereador informou ainda que, após pesquisa, descobriu que a Kombi foi licenciada pela última vez em 2015. “Ela está cortada num local atrás do Centro de Convenções desativado, onde estão preparando veículos para o desfile de Natal. Entendo que turismo é importante, mas carros são necessários para levar pessoas para fazer exames de saúde”, questionou.

No requerimento 1685/2017, o parlamentar faz seis questionamentos: porque os veículos com apenas sete anos estão sendo reconhecidos como sucatas e cortados; se existem veículos em leilão; qual a numeração e documentação deles; quantos estão sendo sucateados; de quais departamentos foram retirados e, por fim, quais departamentos estão com defasagem de veículos e quantos seriam necessários para atender a demanda.       

Segundo levantamento da Reportagem, um veículo para ser sucateado deveria obter baixa no Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), ter suas placas devolvidas, números de chassis inutilizados e plaquetas devolvidas no Departamento de Trânsito (Detran). Pelas fotos enviadas pelo vereador, percebe-se placas jogadas no chão e penduradas em veículos.

O prefeito de Peruíbe, Luiz Maurício, fez questão de, ontem à noite, conversar por telefone com a Reportagem do Diário do Litoral e explicar que não há nada de errado, pois os veículos não têm mais utilidade e seriam leiloados como sucatas. O chassi da Kombi será utilizada para os festejos de Natal e os veículos já foram, inclusive, baixados do patrimônio da Prefeitura. “O vereador quer fazer politicagem”, encerrou.     

 

Colunas

Contraponto