Santos

Operação noturna retira e oferece apoio a moradores de rua em Guarujá

As abordagens foram feitas por uma equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (Sedeas), com o apoio da Guarda Municipal

Comentar
Compartilhar
12 JUL 2018Por Da Reportagem22h00
12 desses moradores foram retirados de situação de vulnerabilidadeFoto: Divulgação/PMG

Com a chegada do frio, são muitos os moradores de rua que sofrem com a temperatura. Em ação realizada na noite da última quarta-feira (11), 12 desses moradores foram retirados de situação de vulnerabilidade e encaminhados para a Unidade de Acolhimento José Calherani (Rua Manoel Otero Rodrigues, 389 – Jardim Boa Esperança). As abordagens foram feitas por uma equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (Sedeas), com o apoio da Guarda Municipal.

Com um total de 20 abordagens feitas, a equipe de operação retirou 12 moradores das ruas, mas oito recusaram o atendimento. Os atendidos foram encaminhados para a Unidade de Acolhimento, onde foram higienizados, ganharam roupas novas, toalhas, sabonetes e um lanche, os mesmos receberão cinco refeições diárias. A abordagem teve foco na área do Centro da Cidade, sendo que o maior número de retirados se localizava na Rua Petrópolis.

Através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social para População de Situação de Rua (Creas Pop), será realizado um estudo social na tentativa de identificar a motivação da vulnerabilidade de cada um, bem como localizar a família na tentativa de resgatá-los a elas, às suas cidades de origem e outras ações de cunho social.

Para o secretário de Desenvolvimento e Assistência Social, Marcos Pereira de Azevedo, que participou pessoalmente da abordagem de inverno, este é um trabalho importante. "Essa postura tem sido uma das marcas desse novo governo, onde cuidar das pessoas sempre será nossa prioridade, este é o maior desafio desta secretaria".

Colunas

Contraponto