Mortes de pedestres reduzem 38% e impulsionam Faixa Viva

Nesta sexta-feira (18), a equipe de educação para o trânsito da CET-Santos faz mais uma ação de conscientização

Comentar
Compartilhar
17 MAI 2018Por Da Reportagem20h01
Próxima ação será na Avenida Ana Costa, em frente ao Shopping Parque BalneárioFoto: Divulgação/PMS

Impulsionado pelos resultados aferidos desde a sua implantação, em 2011, como a redução de 30% nos atropelamentos e de 38% nas mortes de pedestres, o programa Faixa Viva segue nas ruas para orientar caminhantes e motoristas. Nesta sexta-feira (18), a equipe de educação para o trânsito da CET-Santos faz mais uma ação de conscientização. Será na Avenida Ana Costa, em frente ao Shopping Parque Balneário, das 13h30 às 15h.

Para contribuir para um trânsito mais seguro, o Faixa Viva tem como proposta harmonizar a convivência entre pedestres e condutores, orientando sobre travessia em locais com faixa para passagem onde não há semáforos. Conforme os levantamentos da companhia, comparando dados de sete anos antes e após implantação do programa, os atropelamentos passaram de 1.752 para 1.214.

Com isso, também houve redução de mortes de pedestres: 96 óbitos antes e 59 após (-38,54%). E, ainda, queda no número de vítimas graves, quase 81% menor (168 para 32).

Mortes de pedestres reduzem 38% e impulsionam Faixa Viva

O trabalho do Faixa Viva com motoristas é esclarecer sobre a prioridade do pedestre nas travessias em faixas de segurança sem semáforo. E, ainda, orientar o caminhante para que faça o sinal - braço estendido - de forma a pedir passagem ao condutor.

Apenas no ano passado, a equipe de educação desenvolveu mais de 300 ações em pontos de travessia de pedestres não semaforizadas. O programa e as orientações são repassados a crianças, jovens e adultos também em palestras e atividades em escolas, empresas, grupos e instituições diversas.

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Faltam
dias para a Copa

Colunas

Contraponto