22h : 29min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Linhas de ônibus seletivos deixarão de operar em Santos

Segundo a prefeitura, a medida é necessária porque a taxa de ocupação nas linhas 203, 204 e 206 é baixa

Comentar
Compartilhar
17 OUT 2016Por Da Reportagem18h11
A programação dos ônibus seletivos sofrerá ajustes a partir da segunda-feira (24)Foto: Arquivo/DL

A programação dos ônibus seletivos sofrerá ajustes a partir da segunda-feira (24). As linhas 203, 204 e 206 deixarão de operar em definitivo, em razão da baixa demanda - as três linhas juntas transportam apenas 7% do total de passageiros, enquanto as outras quatro (201, 202, 205/Jovino de Melo e 205/São Jorge) são responsáveis por 93% dos usuários conduzidos.

A medida é necessária porque a taxa de ocupação nestes veículos é muito baixa, o que vem ocasionando o desequilíbrio do sistema. A linha 203, por exemplo, tem taxa de ocupação de 21%. Ou seja, dos 25 lugares disponíveis, apenas cinco são utilizados (no seletivo, todos viajam sentados).

Usuários destas linhas contarão com outras opções. Passageiros da 203 terão como alternativas as linhas 53, 152 e 156. Na 204, as saídas são as linhas 20, 29, 42, 152, 153, 156, 191 e 194. E na 206 as opções são 19, 20, 23, 25, 29, 42, 52, 80, 152 e 156.

Queda

Em razão da crise econômica, o transporte seletivo vem registrando queda de demanda a partir de 2014, quando transportou uma média de 177.769 passageiros por mês. No ano seguinte (2015), o número de usuários/mês reduziu para 163.107. E neste ano, entre janeiro e setembro, a média foi de 152.749.

Para se ter ideia, o mês passado (setembro) foi o que registrou o menor índice dos últimos cinco anos, totalizando 133.524 passageiros ao longo de 30 dias. No entanto, há alternativas no transporte convencional aos passageiros que dependem dos seletivos.

 

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar