Santos

Guarujá terá R$ 2,3 milhões para obras de infraestrutura

Contratos foram assinados nesta quinta-feira (14) na CEF e são frutos de emendas parlamentares

Comentar
Compartilhar
14 JUN 2018Por Da Reportagem20h18

O prefeito de Guarujá, Válter Suman, assinou nesta quinta-feira (14) cinco contratos de repasse do Ministério das Cidades no valor total de R$ 2.346.620,72. Os valores serão utilizados em obras de infraestrutura em Guarujá e Vicente de Carvalho.

A assinatura ocorreu na Superintendência da Caixa Econômica Federal (CEF), em Santos, com a presença do superintendente regional, Sidney Soares Filho. Os recursos são oriundos do Orçamento Geral da União (OGU), e provenientes de emendas parlamentares.

Uma delas, no valor de R$ 728.676,18, prevê a instalação de quatro ecopontos na Cidade. Já outras três são referentes à revitalização de diversas ruas do Pae Cará e Jardim Conceiçãozinha, no valor total de R$ 1.370.386,54. Já outro contrato prevê a colocação de rampas de acessibilidade no Centro da Cidade, no valor de R$ 247.558,00 (veja quadro abaixo).

Agora que os contratos estão assinados, a Prefeitura deverá apresentar documentação à Caixa Econômica Federal. Na sequência, será feita licitação para que as obras tenham início.

O prefeito de Guarujá comemorou mais esta conquista. "São recursos significativos, que muito vão contribuir para a melhoria da infraestrutura em Guarujá e Vicente de Carvalho", disse ele.

Recursos

4 Ecopontos – R$ 728.676,18, emenda do deputado federal Orlando Silva (PCdoB)

Requalificação de vias do Pae Cará – R$ 479.999,99, emenda do deputado federal Carlos Zarattini (PT)

Requalificação de vias do Jardim Conceiçãozinha, Fase 1 – R$ 636.913,12, emenda do deputado federal Nilto Tatto (PT)

Requalificação de vias do Jardim Conceiçãozinha, Fase 2 – R$ 253.473,43 emenda do deputado federal Marcelo Squassoni (PRB)

Rampas de acessibilidade no Centro de Guarujá – R$ 247.558,00, emenda da deputada federal Mara Gabrilli (PSDB)

Colunas

Contraponto