Santos Vacinação 2

Grupo de trabalho atenderá famílias da Vila Esperança

A Secretaria da Habitação começou a fazer um levantamento completo da situação cadastral das famílias nos programas de urbanização do município

Comentar
Compartilhar
07 NOV 2017Por Da Reportagem11h50
Grupo é composto pelo prefeito Ademário Oliveira e técnicos das secretarias de Habitação e Assistência Social, e Fundo Social de SolidariedadeFoto: Divulgação/PMC

Um grupo de trabalho, designado pelo prefeito Ademário Oliveira e composto por técnicos das secretarias municipais de Habitação e Assistência Social, e do Fundo Social de Solidariedade, deu início, na manhã de ontem, a ações destinadas a atender aos moradores do núcleo Sítio Novo, situado na Vila Esperança, que tiveram suas moradias destruídas por um incêndio no último domingo (5).

A Secretaria da Habitação começou a fazer um levantamento completo da situação cadastral das famílias nos programas de urbanização do município. Com base neste levantamento, a Secretaria de Assistência Social saberá quais delas já se encontram incluídas em programas sociais e providenciará a inclusão daquelas não cadastradas. Ao mesmo tempo, o Fundo Social de Solidariedade fará um mutirão para atender às necessidades imediatas das famílias, mediante a doação de roupas, agasalhos, calçados, alimentos e medicamentos, se necessários.

Tais decisões foram comunicadas pelo prefeito Ademário Oliveira a uma comissão de representantes das famílias com quem se reuniu em seu gabinete hoje cedo. Participaram do encontro os secretários Sebastião Ribeiro do Nascimento, Zumbi (Assistência Social), Andrea Maria de Castro (Habitação) e vereadores. Na oportunidade, o presidente da Câmara Municipal, vereador Rodrigo Alemão, falou do empenho do Legislativo em ajudar os moradores.

Segundo relatório da Comissão Municipal de Defesa Civil, dez famílias foram afetadas, totalizando 35 pessoas, sendo  18 adultos e 17 menores de idade. Elas estão abrigadas em casas de parentes e amigos. O incêndio, segundo a Comdec, foi consequência de uma briga de casal, durante a qual a mulher ateou fogo à própria casa, tendo as chamas se espalhado pelas habitações vizinhas.

 

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Faltam
dias para a Copa

Colunas

Contraponto