21h : 09min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Especialista dá dicas de como conseguir contratação de fim de ano

Por mais que o candidato esteja numa posição delicada e preocupado com o futuro, jamais deve demonstrar desânimo

Comentar
Compartilhar
24 NOV 2016Por Da Reportagem19h00
Contratações de fim de ano são uma saída para quem está desempregadoFoto: Divulgação

Com as taxas de desemprego no patamar de 11,8 % e alcançando 12 milhões de brasileiros, segundo a divulgação do IBGE com base nos resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), é natural que com a aproximação do final do ano, mais pessoas estejam interessadas nas chamadas contratações temporárias.

Qual deve ser o comportamento de um candidato para que ele tenha mais chance? Se contratado, qual deve ser seu comportamento durante o período temporário para que ele possa ter chance de ser efetivado?

De acordo com Viviane Narducci, especialista em gestão estratégica de pessoas, PHD e Mestre em Administração de Empresas pela Escola de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (EBAPE –FGV), o candidato precisa demonstrar interesse, garra e otimismo.

“Em momentos de crise as contratações temporárias, mais do que nunca, buscam pessoas que façam a diferença e que estejam dispostas a aprender. Esqueça que a contratação é “temporária”, visto que este status pode se modificar em qualquer momento. Contratações em épocas natalinas podem, sim, se transformar em definitivas, mas para isso o comportamento do candidato, durante o período temporário, será avaliado. Demonstre interesse em conhecer a empresa, o negócio, mesmo que você tenha sido contratado para trabalhar apenas por dois meses”, aponta Viviane Narducci.

Por mais que o candidato esteja numa posição delicada e preocupado com o futuro, jamais deve demonstrar desânimo, mas ao contrário, demonstrar disposição. “Muitas vezes percebo que o próprio candidato já não é capaz de reconhecer suas potencialidades”, afirma Viviane Narducci. 

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar