Entrada da Cidade

Eleições 2018: Baixada Santista ainda não vai utilizar biometria

Mesmo aqueles que já realizaram o cadastramento ­biométrico vão votar com apresentação de documento de identificação com foto e ­assinatura na folha de ­votação

Comentar
Compartilhar
13 JUN 2018Por Da Reportagem08h40
As cidades da Baixada Santista ainda não vão utilizar a biometria nas Eleições 2018Foto: Agência Brasil

As cidades da Baixada Santista ainda não vão utilizar a biometria nas Eleições 2018. Mesmo aqueles que já realizaram o cadastramento ­biométrico vão votar com apresentação de documento de identificação com foto e ­assinatura na folha de ­votação.

A biometria está sendo implementada gradualmente no estado, sendo atualmente obrigatória em 100 cidades. Nenhum dos municípios da Baixada Santista está nesta lista.

“A previsão é que a biometria seja utilizada em Santos apenas nas eleições de 2022”, comenta o técnico judiciário Gustavo de Oliveira.

A apresentação do título de eleitor não é obrigatória, mas facilita a identificação do local de votação, já que possui os números da seção ­eleitoral.

Serviços suspensos

Desde o dia 10 de maio, o cadastramento está fechado para a preparação das Eleições 2018. Aqueles que precisarem tirar a primeira via do título, transferir o domicílio eleitor, regularizar o documento cancelado ou fazer a biometria devem aguardar até após a reabertura do cadastro eleitoral, em 5 de ­novembro.

“A orientação é que a população realize o cadastramento o quanto antes, evitando filas e correria quando a biometria se tornar obrigatória na região”, diz Oliveira.

Atualmente, a Justiça Eleitoral disponibiliza apenas os serviços de emissão de segunda via de título e de certidão de quitação eleitoral.

Colunas

Contraponto