Santos

Dia D de vacinação contra febre amarela será neste sábado em Praia Grande

As doses serão aplicadas em quatro postos de saúde das 8 às 17 horas. Confira as unidades e os endereços

Comentar
Compartilhar
01 FEV 2018Por Da Reportagem22h01
No Dia D, quatro postos de vacinação estarão abertos das 8 às 17 horas para atender a populaçãoFoto: Agência Brasil

Quem ainda não conseguiu se vacinar contra a febre a amarela terá uma oportunidade neste sábado (3), quando acontece o Dia D contra a febre amarela. A campanha que começou no dia 25 de janeiro já vacinou mais de 20 mil pessoas em Praia Grande. No Dia D, quatro postos de vacinação estarão abertos das 8 às 17 horas para atender a população. Confira as unidades e os endereços:

- UBS Boqueirão
Avenida Presidente Kennedy nº 918, Bairro Boqueirão

- Usafa Tupiry
Rua Idelfonso Galeno n° 368, Bairro Tupiry

- Usafa Samambaia
Av. das Araucárias nº 181, Bairro Samambaia

- Secretaria de Saúde Pública (Sesap)
Avenida Presidente Kennedy nº 8.850, Bairro Mirim

Documentos necessários:

Crianças: RG ou certidão de nascimento e caderneta de vacinação.

Adultos: necessário que todos levem RG ou equivalente e, se tiver, caderneta de vacinação.

Além dos documentos acima é necessário que os idosos levem a prescrição, pessoas que vão viajar para o exterior é obrigatório levar as passagem ou comprovante de compra da passagem.

Contraindicações:

Gestantes, lactantes, pessoas que fazem uso de corticóide (imunossupressores), alérgicos a ovo e pacientes de quimio e radioterapia, e portadores doenças autoimunes não podem tomar a vacina.

Gestantes (será aplicada somente se residir em área onde há casos, após avaliação) e mulheres amamentando crianças menores de 6 meses (se receber a vacina devem pausar a amamentação por 10 dias).

Pessoas acima de 60 anos deverão apresentar prescrição médica. Apenas idosos e gestantes que moram em áreas onde há casos da doença serão vacinados.

Portadores de HIV, pacientes com tratamento quimioterápico concluído, transplantados, hemofílicos ou pessoas com doenças do sangue, e doença falciforme – necessitam de avaliação médica prévia.

Colunas

Contraponto