19h : 44min

Assine o Diário e o Santista por R$8 por mês no plano atual

Debate sobre liberdade de expressão norteará FESTA 59

INSCRIÇÕES. Grupos da Baixada Santista interessados em participar do festival devem fazer inscrição até terça-feira (8)

Comentar
Compartilhar
06 AGO 2017Por Rafaella Martinez10h30
Debate sobre liberdade de expressão norteará FESTA 59Foto: Sander Newton/Divulgação

Em Santos, um grupo artístico tem seu espetáculo interrompido e um ator é preso sob a alegação de ‘atentado contra símbolos nacionais’ e desobediência – a cia teatral também enfrentou problemas em Sorocaba e Guarulhos. Ainda na cidade, festivais artísticos em praça pública são repreendidos por não terem autorização para serem executados. Em Brasília, um artista é preso por ‘ato obsceno’ durante uma apresentação artística. Nesse mesmo cenário, o Senado analisa uma proposta de criminalização do funk. Em tempos de desmonte da Cultura, queda no orçamento e opressão às manifestações artísticas, o Festival Santista de Teatro entrará em cena em setembro questionando a liberdade de expressão.

“Por sua história de resistência, não teria como o FESTA não reagir diante de tudo o que está acontecendo. Estamos acompanhando dia após dia notícias de artistas sendo interrompidos de apresentar sua arte e situações absurdas estão se tornando frequentes. Esses acontecimentos nos remetem à memória de um tempo recente que muitos não viveram, mas estamos vendo voltar e o teatro chega para reagir, pois esse é o papel histórico da arte”, afirma Junior Brassalotti, produtor do festival.

Mais antigo evento do gênero em atividade no Brasil, o FESTA celebrará 59 anos com apresentações artísticas no Centro de Santos entre os dias 1º e 7 de setembro. Após cada apresentação teatral haverá um debate sobre o que foi exposto na montagem e situações cotidianas de cerceamento de liberdade às quais os artistas e os cidadãos de um modo geral estão expostos.

“Perdemos o sentido do que é ético e precisamos recuperar isso. Vemos um noticiário de denúncias, escândalos, compra de ministros a partir de emendas com o dinheiro público para que um presidente se mantenha no cargo... não podemos aceitar que isso seja normal”, defende Platão Capurro Filho, também produtor do festival.

Para ele, vivemos tempos de desequilíbrio e as pessoas perderam a capacidade de se chocar com as arbitrariedades que são praticadas. “Para falarmos sobre liberdade de expressão precisamos falar em ética, antes de qualquer coisa, pois vivemos tempos onde a opinião contrária é errada e o ódio é gratuito”, pondera.


Urgência. As inscrições para que grupos regionais participem do festival foram abertas na última sexta-feira (4) e se encerram nesta terça (leia abaixo).  De acordo com os organizadores, a urgência de contratação é devido ao atraso da confirmação da verba destinada para o evento por parte da Prefeitura Municipal.

“Tivemos a confirmação do que teríamos disponível para fazer o festival somente nessa semana, mesmo estando em interlocução constante com a Administração desde o começo do ano. Essa demora certamente compromete o festival, mas não vamos parar ou adiar, pois ele é um ato de resistência”, acrescenta Junior.

Neste ano, além do debate sobre a liberdade de expressão, o FESTA levantará pautas antigas, tais como a necessidade de mudança no decreto que limita a arte na rua e a proposta de uma Lei de Fomento ao Teatro, que tramita desde 2015 no Jurídico da Câmara de Santos.

“É importante destacar que os produtores do FESTA não estiveram parados durante esse tempo. Conseguimos uma emenda para realização do festival, mas ela ainda está parada na FUNARTE. Em paralelo a isso, entendemos que a Cultura é dever do Estado e, inclusive pelo fato de estar inserido no calendário oficial do município, o festival precisa sim ter um aporte público para acontecer”, finaliza Brassalotti.

Inscrições para grupos de teatro regionais e nacionais estão abertas até terça-feira (8)

As inscrições para que grupos de teatro regionais e nacionais participem do festival estão abertas até a próxima terça-feira (8). Os grupos interessados devem encaminhar o material listado para o e-mail: [email protected]

Os espetáculos que irão compor as mostras serão escolhidos por uma curadoria coletiva entre os artistas no dia 9 de agosto. O FESTA terá Mostra Nacional, Mostra Regional e Mostra Paralela, além de apresentações e atividades de todos os segmentos culturais.

Outras informações: https://www.facebook.com/festivalsantistateatro/

Colunas

Contraponto