CT Carlinhos Furacão será inaugurado nesta quarta-feira em São Vicente

No espaço será desenvolvido o projeto 'Resgatando com os Punhos' e serão dadas aulas de boxe, gratuitas, para jovens e adultos de ambos os sexos

Comentar
Compartilhar
14 MAR 2018Por Da Reportagem17h41
Infraestrutura estará a disposição dos alunosFoto: Divulgação

A Febesp (Federação de Boxe do Estado de São Paulo), através da sua presidente Cidinha Oliveira, em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer/Prefeitura de São Vicente inaugura no próximo dia 14, às 19h o Centro de Treinamento Carlinhos Furacão (Rua XV de Novembro, 805 – Catiapoã) onde será desenvolvido o projeto "Resgatando com os Punhos".  

Neste espaço serão dadas aulas de boxe, gratuitas, para jovens e adultos de ambos os sexos. Para participar é obrigatória fazer a inscrição na sede do projeto e apresentar exame médico.

A infraestrutura como sacos, luvas e o ringue para treinamento estará a disposição dos alunos. Todo material é legado olímpico da Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe) cedido à Febesp.

Histórico

Em sua carreira profissional , Carlinhos Furacão foi Campeão Mundial pena (Conselho Universal de Boxe) UBC; Campeão Latino-americano supergalo (Organização Mundial de Boxe)WBO; Campeão Sul-americano supergalo (Conselho Mundial de Boxe)WBC; Tri- Campeão Brasileiro supergalo unificado (Confederação Brasileira e Conselho Nacional  e Federação Nacional de Boxe Profissional); Campeão Paulista-supergalo (Liga Paulista de boxe profissional); Campeão Paulista supergalo  (Federação de Boxe do Estado de São Paulo); Campeão Fedebol pena (Associação Mundial de Boxe) WBA; Campeão Merco Sul e Campeão da Boxe Brasil.

Como atleta amador Furacão foi Tri-Campeão Brasileiro de 2000 a 2002; Tetra-campeão dos Jogos Abertos do Interior 97/99/2001/2003; Bi-campeão  do Campeonato Norte Nordeste   99/2001 e campeão Baiano 1995.

Já como atleta da Seleção Brasileira de Boxe conquistou a medalha de prata no torneio Brasil x França em 2001, na França; medalha de bronze no Pan-Americano 2001 em Porto Rico; medalha de bronze da Copa José Atiel  Aponti 2001 em  Porto Rico e bi-campeão  do Circuito Brasil Olímpico 2002.

Colunas

Contraponto