07h : 23min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Ciclistas cobram volta de bicicletário em São Vicente

Instalado na Praça Barão do Rio Branco em 2007, o equipamento foi desativado pela gestão anterior

Comentar
Compartilhar
17 ABR 2017Por Vanessa Pimentel11h05
Sem estacionamento apropriado para as bicicletas, ciclistas são obrigados a prender o transporte em árvores e postes e reclamam de roubos constantes na regiãoFoto: Matheus Tagé/DL

O Dia Mundial da Bicicleta será comemorado na quarta-feira (19) e se depender da Associação Brasileira de Ciclistas (ABC), a busca por melhorias para os adeptos desse tipo de transporte irá continuar. Quem garante é o presidente de entidade Jessé Teixeira Felix. Nesse sentido, uma das primeiras solicitações é a volta do bicicletário instalado em 2007 na Praça Barão do Rio Branco, em São Vicente, mas desativado pela gestão passada.

“O equipamento iria completar dez anos e disponibilizava 120 vagas, mas foi retirado porque privilegiaram o estacionamento regular de automóveis. O município possui 150 mil ciclistas e a prefeitura precisa pensar novamente neles”, afirma Jessé.

Ele explica que desde então, o número de pessoas que utilizava a bicicleta para ir ao centro da cidade diminuiu. Os motivos seriam a falta de lugares para guardar o transporte e o alto número de roubos no local.  

“Ano passado prendi minha bicicleta no poste, mas roubaram. Agora prefiro pagar R$2 e guardar no estacionamento”, conta José Carlos da ­Silva.

O estudante Alisson Santos também não confia em deixar a bicicleta estacionada na praça e preferiu esperar pelo amigo ao lado dela. “Toda hora roubam bicicletas, então enquanto ele não chega, eu fico aqui de olho nela”, justifica.

De acordo com Jessé, outro problema causado pela retirada do bicicletário é a poluição visual. “Como não tem onde estacionar as pessoas amarram nos postes, nas árvores e acabam atrapalhando o trânsito de pedestres, além de poluir a paisagem”, diz.

Compromisso

No fim do ano passado, o presidente da ABC entregou a todos os prefeitos eleitos uma Carta de Mobilidade e, segundo ele, Pedro Gouvêa foi o primeiro a assinar o termo de compromisso, sinalizando positivamente o retorno do equipamento.  

Atualmente, a região central da cidade conta com um bicicletário, localizado na Praça Coronel Lopes.

Iluminação

A questão da segurança nas ciclovias do município também está em pauta nas discussões da associação.

No trecho próximo ao Carrefour  falta sinalização e há pontos mal iluminados. “Ressaltei ao prefeito a necessidade de revitalizarmos alguns pontos da ciclovia, instalando iluminação e a demarcação de solo que está apagada e muito perigoso. Temos que aproveitar esse momento de reconstrução da cidade para também revitalizarmos a ciclovia vicentina”, concluiu.

Administração

A Secretaria de Trânsito e Transportes de São Vicente (Setrans) informou por meio de nota que está avaliando a volta do bicicletário à Praça Barão do Rio Branco.

Sobre os roubos relatados no local, disse que a guarda municipal e a Polícia Militar realizam rondas constantes.  

Também comunicou que “a cidade tem 17 mil bicicletas transitando diariamente no município e os bicicletários vêm de encontro à utilização do transporte não poluente na cidade, que conta com uma malha cicloviária de aproximadamente 20km de extensão, com proposta de expandir para a Linha Azul, Av. Presidente Wilson e Área Continental”.

Sobre o trecho da ciclovia próximo ao Carrefour, segundo a prefeitura, os reparos estão sendo realizados pela empresa responsável pelo VLT.

Colunas

Contraponto