21h : 55min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Cata Treco retira cerca de 41 mil toneladas de material das vias públicas

O serviço deve ser agendado por telefone e o morador pode marcar o dia e hora para que o material seja retirado

Comentar
Compartilhar
08 JUL 2017Por Da Reportagem11h02
Entulhos, móveis e eletrodomésticos velhos devem ser deixados na calçada em frente ao endereço mencionadoFoto: Divulgação/PMS

Em Santos, os munícipes contam com um importante serviço gratuito para o descarte de objetos: o programa Cata Treco. O serviço deve ser agendado por telefone e o morador pode marcar o dia e hora para que o material seja retirado. Só ano passado a operação atendeu cerca de 20 mil agendamentos, que resultaram na coleta de aproximadamente 41 mil toneladas de detritos que foram retirados das vias públicas.

Entulhos, móveis e eletrodomésticos velhos devem ser deixados na calçada em frente ao endereço mencionado, sendo que o programa faz o recolhimento de até quatro itens por munícipe. Em caso de restos de obras e entulhos, são recolhidos, no máximo, dez sacos de  1 m³ cada. “Para quantidades maiores, o munícipe deve contratar os serviços particulares de caçambas”, explica o secretário de Serviços Públicos, Carlos Alberto Tavares Russo.

De acordo com Russo, no primeiro semestre deste ano foram recolhidas 16.501 toneladas de material, uma média de 2.750 ao mês. No mesmo período do ano passado foram 20.095 toneladas, cerca de 3.349 toneladas por mês. Russo atribui a queda de 18% do material descartado à crise financeira que atinge o País. “O que mais causou impacto para a diminuição do descarte foi a redução do poder aquisitivo. Ninguém está trocando móveis e eletrodomésticos”.

Material recolhido

Realizado pela Terracom, o Cata Treco remove sofás, poltronas, eletrodomésticos, geladeiras, restos de móveis, fogões, televisores, entulhos de pequenas reformas, entre outros objetos, visando evitar o lançamento de peças e entulhos nas ruas. De acordo com Russo, um fiscal vai ao local do agendamento para verificar o tipo de material a ser descartado. O agendamento deve ser feito pelo telefone 0800-7708770. O serviço consiste na coleta de resíduos inertes e volumosos, que não podem ser removidos pela coleta regular de lixo domiciliar.

Descarte Irregular

O descarte irregular obstrui bocas de lobo e galerias pluviais, além de atrair e proliferar ratos e insetos. Pelo Código de Posturas, quem faz o lançamento irregular nas ruas pode receber multa, que varia de R$ 500 a R$ 5 mil, conforme a quantidade e o tipo de material descartado. Em caso de reincidência, o valor pode dobrar. Infratores devem ser denunciados a Ouvidoria Pública pelo telefone 0800-112056.

Confira o calendário de coleta por bairros:

Segunda-feira

Estuário – Alemoa – Piratininga – São Manoel

Morros: Saboó – Penha – José Menino – Marapé:  8h

Boqueirão - 13h

Terça-feira

Bom Retiro – Santa Maria – Vila Belmiro – Valongo – Vila São Bento

Morros: Boa Vista – Pacheco – São Bento:  8h

Campo Grande:  13h

Quarta-feira

Centro – Vila Nova – Paquetá – Castelo: 8h

Marapé – Gonzaga (zona comercial): 13h

Quinta-feira

Rádio Clube – Vila S. Jorge – Jabaquara – Chico de Paula – Vila Telma -  Morro: Monte Serrat:  8h

Gonzaga (Comercial e Residencial) – José Menino – Pompéia: 13h

Sexta-feira

Areia Branca – Vila Mathias – Gonzaga (Zona Comercial) - morros do Bufo, Fontana e Santa Maria: 8h

Aparecida – Embaré: 13h

Sábado

Caneleira – Saboó – Encruzilhada: 8h

Macuco – Ponta da Praia – Gonzaga (Zona Comercial) - morro Nova Cintra: 13h

Colunas

Contraponto