Entrada da Cidade

Carnaval de 2019 de Santos tem seu regulamento definido

A primeira mudança para o ano que vem diz respeito ao uso de novo critério no sistema de desempate de pontuação

Comentar
Compartilhar
08 DEZ 2018Por Da Reportagem04h30
A apuração está marcada para o dia 26 de fevereiro, a partir das 12hFoto: Divulgação/PMS

O Regulamento dos Desfiles Oficiais das Escolas de Samba de Santos – Carnaval 2019, regido pelo decreto 8.289, de 6 de dezembro de 2018, foi publicado nesta sexta-feira (7), no Diário Oficial de Santos. O documento, elaborado pela Prefeitura de Santos em parceria com a Liga Independente Cultural das Escolas de Samba de Santos (Licess), busca o aprimoramento da folia na Cidade e traz algumas mudanças, sugeridas pela Licess, em relação a este ano.

A primeira diz respeito ao uso de novo critério no sistema de desempate de pontuação. No curso normal da apuração entram para a somatória das agremiações as duas maiores notas de cada quesito, com descarte da terceira nota (mais baixa ou igual às anteriores). Caso haja empate entre duas escolas, em qualquer colocação, as terceiras notas voltam a ser consideradas na somatória, conforme descrito no inciso I do parágrafo 1º, no artigo 43.

Anteriormente esse desempate era baseado em sorteio de um dos nove quesitos avaliados pelos jurados. A escola que fizesse mais pontos no referido quesito sorteado (Bateria, por exemplo) ficaria à frente.

Os artigos 45 e 63 também trazem novidades. Segundo explica o 45, a vencedora do Grupo de Acesso, para ascender ao Grupo Especial em 2020, mesmo vencendo a disputa, deve obter pontuação mínima igual ou superior a 176. Caso não obtenha, continua no Acesso.     O mesmo raciocínio vale para a ascensão do Grupo 1 para o Grupo de Acesso, prevista no artigo 63.

Ainda no Grupo 1, o artigo 63, em seu parágrafo 2º, estabelece a somatória geral mínima de 170 pontos as escolas que o integram. Caso não atinjam esse valor, ficam eliminadas do Carnaval de 2020.

As premiações para as vencedoras do Grupo Especial também recebem aumento de 10% em relação a 2018. No próximo Carnaval, a campeã ganha R$ 22 mil e a vice-campeã, R$ 11 mil. As premiações dos demais grupos são feitas com troféus.

A apuração está marcada para o dia 26 de fevereiro, a partir das 12h, em local a ser definido pela Comissão de Carnaval e Licess, tendo acesso à área apenas a imprensa e quatro representantes de cada escola, previamente credenciados.

Acesso e decesso

Para o Carnaval 2020, o Grupo Especial será formado pelas sete primeiras colocações no desfile de 2019 e pela primeira colocada do Acesso, caso atinja a já citada quantidade mínima de pontos. Cai para o Acesso a última colocação do Especial.

Já o Grupo de Acesso será composto pela agremiação que obtiver a última colocação no Especial, pela segunda e terceira colocadas no Acesso e pela primeira colocada no Grupo I, desde que atinja o mínimo estabelecido de pontos. É rebaixada para Grupo I a escola que obtiver a última colocação no Acesso.
    
Datas e agremiações

O Desfile Oficial das Escolas de Samba de Santos de 2019 ocorre no próximo mês de fevereiro, uma semana antes do Carnaval oficial no País. No dia 22 desfilam as agremiações do Grupo 1: Dragões do Castelo, Unidos da Baixada, Imperatriz Alvinegra, Bandeirantes do Saboó e Império da Vila. Na mesma noite entram na avenida as escolas do Grupo de Acesso: Unidos da Zona Noroeste, Padre Paulo, Brasil e Mãos Entrelaçadas.

No dia 23 é a vez da elite do samba santista, com apresentação do Grupo Especial, composto por Mocidade Dependente do Samba, Vila Mathias, Amazonense, União Imperial, X-9, Unidos dos Morros, Sangue Jovem e Real Mocidade Santista.

 

Colunas

Contraponto