Banner gripe

Aumento de 100% na iluminação é decidido hoje em Guarujá

Se for aprovada, o contribuinte de baixa renda passaria a pagar R$ 3,00 por mês. Atualmente paga R$ 1,50

Comentar
Compartilhar
05 DEZ 2017Por Da Reportagem11h00
Vereadores decidem, em segunda e definitiva votação, o projeto de lei que prevê reajuste de 100% nos valores referentes à contribuição para custeio da iluminação públicaFoto: Divulgação

A Câmara de Guarujá deverá estar lotada hoje. Os vereadores decidem, em segunda e definitiva votação, o projeto de lei que prevê reajuste de 100% nos valores referentes à contribuição para custeio da iluminação pública (Cosip). O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Guarujá já está organizando, via redes sociais, uma manifestação nas galerias contra a medida.  

Se for aprovada, o contribuinte de baixa renda passaria a pagar R$ 3,00 por mês. Atualmente paga R$ 1,50. A contribuição residencial passaria de R$ 6,00 para R$ 12,00; não-residencial (comercial) de R$ 15,00 para R$ 30,00. Segundo a Administração, o reajuste visa a eficiência da iluminação, que será expandida e terá maior luminosidade, com a troca das lâmpadas de vapor por LED. Apontamentos indicam que isso resultará também em menor consumo, podendo possibilitar, em um segundo momento, a redução na taxa.

Na última votação, 14 vereadores votaram a favor da proposta. O vereador José Teles de Andrade Junior (PPS) foi o único contrário. O vereador Fernando Martins dos Santos, o Peitola (PSDB) se absteve. O presidente da Casa, vereador Edilson Dias (PT) só votaria em caso de empate.   

“Não é momento para a aprovação de aumentos. O país enfrenta uma grande crise econômica, marcada por arrocho salarial, retirada de direitos trabalhistas e precarização da vida da maioria do nosso povo. O PSOL Guarujá é totalmente contra o aumento das tarifas aos imóveis residenciais, somos favoráveis ao IPTU progressivo e da cobrança da dívida ativa de grandes empresas com a nossa cidade, contra qualquer tipo de isenção de impostos para grandes hotéis de luxos que lucram quantias exorbitantes”, publicaram os dirigentes da agremiação.

 

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Faltam
dias para a Copa

Colunas

Contraponto