Promo DL

972 moradias serão construídas em sete bairros de PG

Os imóveis serão construídos em terrenos doados pela Prefeitura

Comentar
Compartilhar
14 NOV 2017Por Da Reportagem11h29
Praia Grande foi selecionada pelo Ministério das Cidades para receber 972 moradiasFoto: Rodrigo Montaldi/DL

Praia Grande foi selecionada pelo Ministério das Cidades para receber 972 moradias. Os imóveis serão construídos em terrenos doados pela Prefeitura, em bairros como São Jorge, Imperador, Antártica, Esmeralda, Vila Sônia, Sítio do Campo e Santa Marina.

Em publicação no Diário Oficial da União na semana passada, o Município é contemplado com 686 unidades que somadas à publicação de junho, onde foram selecionadas mais 286 moradias, totalizam 972 unidades. Desta forma, Praia Grande passa a ser o Município da Baixada Santista contemplado com maior número de unidades. O valor para a construção das unidades está previsto em R$ 92 milhões pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

Os conjuntos habitacionais serão destinados a faixa 1 do programa Minha Casa, Minha Vida, que contempla o segmento social com renda familiar de até R$ 1.800,00, e atenderão munícipes que integram o cadastro habitacional da Secretaria de Habitação do Município.

De acordo com o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, a conquista só foi possível graças ao empenho da Administração Municipal. “Para que conseguíssemos ser selecionados disponibilizamos os terrenos para a construção destas moradias. Ficamos felizes com a liberação desta segunda portaria que junto com a outra somam 972 unidades, que atenderão a população mais carente. Esperamos agora que a Caixa Econômica Federal autorize o início das obras”, disse o prefeito destacando que a meta é de  chegar a 1.800 unidades.

O chefe do Executivo municipal ressaltou ainda que todos estes terrenos estão localizados em áreas residenciais, próximas a comércios, e que contam com infraestrutura urbana e oferta de serviços públicos, como pavimentação, escolas e unidades de saúde.

Na Portaria do dia 02 de junho foram selecionados os seguintes imóveis: Residencial Vitória, bairro Vila Sônia (152 unidades), Conjuntos Habitacionais Sítio do Campo (46), Conjunto Habitacional Antártica I (8), e Santa Marina (80 unidades Programa de Aceleração do Crescimento – PAC).

Já na portaria desta segunda-feira (6), foram selecionadas as seguintes unidades: São Jorge I (130), Imperador III, IV, V, VI (436), Maxland, no bairro Antártica (40), e Silmara II e III, bairro Esmeralda (80).

Colunas

Contraponto