Entrada da Cidade

Gabriel Jesus diz que amigo não sabia da proibição de filmar treino

Artilheiro da era Tite com dez gols, o atacante afirmou que está ansioso para sua primeira Copa do Mundo

Comentar
Compartilhar
14 JUN 2018Por Folhapress17h01
Gabriel Jesus afirmou que seus amigos não sabiam da proibição de filmar o treinoFoto: Pedro Martins/MoWa Press

O atacante Gabriel Jesus, 21, afirmou que seus amigos não sabiam da proibição de filmar o treino da última quarta-feira (13), em Sochi, base de treinamento da seleção brasileira para a Copa do Mundo.

Amigo do camisa nove, Higor Braga publicou em uma rede social um vídeo com partes do treino. A atividade só teve 20 minutos abertos para a imprensa, que precisou deixar o local após o período.
Já a presença de amigos e familiares dos atletas estava liberada durante toda a atividade.

"Primeiro que acertei a cabeçada [risos], imagine se eu tivesse errado... Eu sendo novo, também não sou tão experiente. Meu amigo também não é, nem minha família. Ele não teve a experiência em saber que não podia. Ainda bem que colocou só a cabeçada, nada tático. Aí eu levaria a bronca", disse o atacante em entrevista nesta quinta-feira.

Os vídeos, apagados minutos depois, mostravam gols do jogador, um deles de cabeça. Enquanto o convidado de Jesus filmava, três funcionários de uma empresa de segurança contratada pela Fifa vigiavam o local, para impedir que drones registrassem as atividades da seleção. 

Artilheiro da era Tite com dez gols, o atacante afirmou que está ansioso para sua primeira Copa do Mundo. O Brasil estreia no Mundial no próximo domingo (17), quando enfrenta a Suíça em Rostov.

"A ansiedade bate um pouco, é normal. Em se tratando de Copa do Mundo, maior torneio que temos no futebol, é claro que bate um pouquinho de ansiedade. Mas vou procurar ficar tranquilo", disse Gabriel Jesus, que marcou dois gols em seu primeiro jogo pela seleção principal -contra o Equador em 2016, pelas eliminatórias.

Treino

Pela segunda vez na semana, o técnico Tite repetiu a formação com o quarteto ofensivo formado por Coutinho, Neymar, Willian e Gabriel Jesus. O time foi testado durante a atividade desta quinta-feira (14), em Sochi. 

A escalação é a mesma que iniciou o treino da última quarta-feira (13) e o amistoso diante da Áustria, realizado no último domingo (10), em Viena -vitória por 3 a 0. 

Assim, a escalação para a estreia contra a Suíça, no dia 17, em Rostov, deverá ser Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Willian, Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus.

O treinamento desta quinta-feira só teve 20 minutos abertos à imprensa. No período, Tite distribuiu os coletes para a equipe reserva enquanto os jogadores se aqueciam em uma atividade com bola. 

Nesta sexta-feira, a seleção treina novamente em Sochi. A atividade, porém, será fechada. Na sequência, a delegação viaja para Rostov. 

Na primeira fase do Mundial, o Brasil ainda enfrenta a Costa Rica e a Sérvia.

Colunas

Contraponto