Débitos prefeituras

Espanha demite técnico e anuncia Hierro como substituto

A mudança acontece a 48 horas da estreia da Espanha no Mundial. Na sexta (15), a equipe enfrenta Portugal, em Sochi

Comentar
Compartilhar
13 JUN 2018Por Folhapress10h28
Zagueiro histórico do futebol do país e ex-capitão do próprio Real Madrid, Hierro fez 89 partidas pela Espanha e jogou os Mundiais de 1990, 1994, 1998 e 2002Foto: RFEF

O ex-zagueiro Fernando Hierro, 50, vai dirigir a Espanha na Copa do Mundo da Rússia. Ele substitui Julen Lopetegui, demitido nesta quarta (13), pelo presidente da Real Federação do país, Luis Rubiales.

A mudança acontece a 48 horas da estreia da Espanha no Mundial. Na sexta (15), a equipe enfrenta Portugal, em Sochi.

Rubiales decidiu demitir Lopetegui, apesar da oposição dos jogadores mais veteranos do elenco, porque o treinador acertou com o Real Madrid para assumir o comando da equipe após a Copa do Mundo. Ele tinha contrato com a seleção até o final da Eurocopa de 2020.

O dirigente alega que Lopetegui aceitou a proposta do clube madrilenho sem avisar a federação com devida antecedência.

Hierro já estava com a delegação em Krasnodar, onde acontecem os treinos, porque ocupa o cargo de secretário de seleções. Ele era, ao lado do treinador da equipe sub-20, Albert Celades, o principal candidato para assumir o cargo.

Zagueiro histórico do futebol do país e ex-capitão do próprio Real Madrid, Hierro fez 89 partidas pela Espanha e jogou os Mundiais de 1990, 1994, 1998 e 2002.

Diário da Copa

RUSSIA 2018
Começou a copa
Acompanhe aqui

Colunas

Contraponto