Entrada da Cidade

Contraponto

  •  

    Chuveiros da Praia

    Em uma fiscalização de rotina, após a grande repercussão nas redes sociais acerca do crescimento desenfreado da população em situação de rua, bem como usuários de drogas, o vereador Fabrício Cardoso (PSB) se deparou com uma mulher em situação de rua tomando banho completamente nua, no chuveiro da Orla da Praia. Diante da situação, Fabrício cobrou a presença de uma equipe da Assistência Social e da Saúde para atender a moradora e ofertar atendimento e tratamento.

  •  

    Moradores de rua

    Sobre a questão dos moradores de rua, o parlamentar dispara: “essa questão envolve problemas sociais, de saúde e de segurança pública e, apesar da Prefeitura ofertar abrigos, refeições e projetos de ressocialização, ainda há muito a se fazer para mudar esse quadro preocupante e que não para de crescer. Quanto à população, o principal é ajudar de forma correta, levando alimentos e roupas nos centros de acolhimentos. Evitar dar esmolas é um dos caminhos, pois evita que se crie uma triste zona de conforto a essas pessoas”.

  •  

    Rosana esclarece

    A deputada eleita Rosana Valle (PSB) informou ontem a Contraponto que o ex-presidente da Caixa de Assistência ao Servidor Público Municipal (Capep), Eustázio Alves Pereira Filho, exonerado recentemente pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), não será seu assessor parlamentar. Eustázio foi bastante criticado enquanto esteve à frente da Capep pelos dois sindicatos que defendem o funcionalismo público de Santos.

  •  

    Em Guarujá

    O plenário da Câmara aprovou, em primeiro turno, o Orçamento Municipal para o exercício de 2019. Vereadores apresentaram 135 emendas, que foram acrescidas ao projeto - aprovado por unanimidade. A segunda e definitiva votação será na próxima quarta-feira (21) Por se tratar de matéria orçamentária, essas sessões são específicas, exclusivamente dedicadas ao assunto, conforme prevê o Regimento Interno da Câmara.

  •  

    Aumento previsto

    De acordo com a peça encaminhada pelo Executivo, a projeção é que haja aumento de 10,4% das receitas arrecadadas, comparado ao exercício deste ano. Dos atuais R$ 1,4 bilhão, o valor deve ser elevado para R$ 1,55 bilhão. As principais fontes de arrecadação continuarão sendo o IPTU e ISS.

  •  

    Em Cubatão

    O Governo do prefeito Ademário de Oliveira (PSDB) deverá passar por turbulências nos próximos meses. Segundo informações, um grupo de vereadores não concordaram com a indicação de Ivan Hildebrando (PSB) para a presidência da Casa pelo prefeito e resolveu cacifar o nome de Fábio Alves Moreira, o Roxinho (MDB).

  • quarta
    14 de novembro
  •  

    Da Capep à Câmara

    A Contraponto recebeu a informação que o ex-presidente da Caixa de Assistência ao Servidor Público Municipal (Capep), Eustázio Alves Pereira Filho, exonerado recentemente pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), está cotado para ser assessor parlamentar da candidata eleita à deputada federal Rosana Vale (PSB). Não se sabe o critério da escolha, mas Eustázio foi bastante criticado enquanto esteve à frente da Capep pelos dois sindicatos que defendem o funcionalismo público de Santos.

  •  

    Uvebs

    A União dos Vereadores da Baixada Santista (Uvebs) realiza no próximo dia 10 de dezembro, às 10 horas, na Câmara Municipal de Praia Grande (Praça Vital Muniz, nº 1, Boqueirão), a eleição de sua 12ª diretoria. Na ocasião, são esperados os 134 vereadores de toda a região para a escolha de seus representantes. A Uvebs foi fundada em 2009 e desde então defende bandeiras importantes a nível metropolitano, tratando de temas como mobilidade urbana e infraestrutura.

  •  

    Energia solar

    A Mesa Diretora da Câmara de Santos abriu o processo licitatório para empresas de todo Brasil que queiram participar da concorrência e escolha de quem irá implantar as placas fotovoltaicas que produzem a eletricidade com radiação solar. A inscrição pode ser feita até o fim de novembro. O objetivo é sustentabilidade e diminuição de custos. A previsão é que a energia solar seja responsável por 80% da energia elétrica usada hoje no Castelinho, o que geraria uma economia de pelo menos R$ 200 mil ao ano.

  •  

    Dinheiro público

    “É um ganho a favor da sustentabilidade e uma economia do dinheiro público. E ainda poderemos fornecer energia limpa e renovável, que nos fins de semana, para evitar o desperdiço do acúmulo devido ao pouco uso, poderemos doar para prédios vizinhos, como para o Corpo de Bombeiros”, explica o Presidente da Casa, o vereador Adilson Junior (PTB).

  •  

    Cubatão

    O presidente da Câmara, Rodrigo Alemão (PSDB), apresentou um requerimento atribuindo novamente à Secretaria Municipal de Meio Ambiente os serviços de manutenção e preservação dos jardins. Hoje, a pasta responsável é a Secretaria de Manutenção Urbana e Serviços Públicos, que ele acredita ocasionar dificuldade na eficiência na gestão e execução destes trabalhos.

  •  

    CEV

    Ainda em Cubatão, foi formada uma Comissão Especial de Vereadores (CEV), composta por três membros, para que nos prazos de 45 dias busque soluções junto ao Poder Executivo, instituições culturais e parceiros da iniciativa privada, com o objetivo de entregar a obra inclusa de um teatro municipal, dentro do Parque Anilinas.

  • terça
    13 de novembro
  •  

    Detectando problemas

    Recentemente, os vereadores Bendito Furtado, Rui De Rosis (eleito presidente) e Zequinha Teixeira visitaram a Unidade Municipal de Ensino (UME) Alcides Lobo Viana, localizada no bairro Marapé. No local, detectaram vários problemas da unidade, a maior parte relacionada à falta de manutenção, como por exemplo: a piscina que está desativada há mais de dez anos, onde a necessidade seria a construção de uma quadra coberta para as crianças terem aulas de Educação Física; diversas infiltrações no teto, que apresenta mofo em várias salas, necessitando a troca do telhado com urgência; o paisagismo da escola também necessita de cuidados especiais, assim como uma boa pintura.

  •  

    Cobrando solução

    “Observamos também que os brinquedos estão em mau estado de conservação. Mediante estes problemas, já combinei com o Secretário de Educação, Cacá Mota, um retorno à UME na companhia dos técnicos da Secretaria de Serviços Públicos e de Meio Ambiente, oportunidade em que eles poderão anunciar quais atitudes poderão ser tomadas a curto, médio e longo prazo”, afirma Furtado.

  •  

    Jabaquara

    Em visita à Defesa Civil, o vereador Lincoln Reis (PR) participou de uma reunião com o geólogo Marcos Pellegrini Brandini e com a arquiteta Pacita Franco. O objetivo do encontro foi falar sobre os riscos que cercam as 12 famílias residentes nas escadarias da avenida Guilherme Russo e início da avenida Santista, na subida do Jabaquara. Reis quer saber quais medidas de prevenção podem ser tomadas para evitar acidentes no local.

  •  

    Santa Casa

    O terreno, de propriedade da Santa Casa de Santos, foi classificado pela Defesa Civil como área de risco muito alto R4, o que impossibilita o uso habitacional do espaço, trazendo risco aos moradores. De acordo com a avaliação da Defesa Civil, o local está sujeito a escorregamento de terra, agravando com infiltração de água pluvial no fundo das residências, além do risco de deslizamento de grandes blocos de pedras que estão soltos. A Defesa Civil fez diversas recomendações entre elas a remoção das bananeiras, construção de canaletas e escadas hidráulicas.

  •  

    Projeto

    Preocupado com todos esses riscos e principalmente no bem estar das famílias, o parlamentar apresentou requerimento questionando a Santa Casa, sobre as providências às recomendações feitas pela Defesa Civil e sobre a possibilidades dessas famílias serem contempladas em algum projeto habitacional da cidade, já que elas não podem mais correr o risco de ficar naquele local.

  • sexta
    09 de novembro
  •  

    Repúdio

    O presidente da Câmara de Guarujá, vereador Edilson Dias (PT) irá apresentar, na próxima terça-feira (13), uma nota de repúdio contra a Internacional Marítima – antiga concessionária contratada pela Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) para operar a travessia das balsas entre Santos e Guarujá – por estar oferecendo aos funcionários demitidos o parcelamento dos direitos trabalhistas em 10 vezes, o que pode causar dificuldades financeiras a dezenas de famílias. Os valores referem-se a férias e 13º salário proporcionais, aviso prévio, 40% de multa sobre o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e apenas 20% do total do que está depositado na conta dos trabalhadores demitidos.

  •  

    Ainda em Guarujá

    Em reunião ocorrida na noite da última quarta-feira (7), no Paço Municipal, o prefeito Valter Suman (PSB) anunciou a vereadores e professores da rede municipal que a Prefeitura manterá os seis pólos do programa ‘Educação para Jovens e Adultos’ (EJA), já presentes na Cidade, em 2019. A medida atende reivindicação de alunos e de educadores, que buscaram a mediação da Câmara Municipal, junto ao Executivo, a fim de evitar a possível diminuição do número de classes destinadas à iniciativa.

  •  

    No encontro

    O presidente do Legislativo, Edilson Dias (PT), ficou entusiasmado com a decisão. “Tendo em vista a redução do número de alunos matriculados, a Prefeitura vinha estudando formas de adequar a estrutura do programa a essa demanda atual. Mas, após estudos de impactos financeiros e reuniões com os educadores, houve consenso de que isso seria desestimulante aos alunos que já frequentam o EJA e, também, não resultaria numa economia significativa de recursos”, disse, alertando a necessidade de ampliar a divulgação do programa, junto à população, o que certamente garantirá maior número de matrículas.

Colunas

Contraponto