Diário do Litoral
Santos, 18 de dezembro de 2014 16:18
Especiais

Cotidiano

05 de março de 2013 às 23h04

Ministério libera FGTS para trabalhadores atingidos pelas chuvas em Cubatão

Quem tiver saldo em conta poderá sacar até R$ 6.220,00. Uma agência da Caixa Econômica Federal será montada para atender os beneficiados

Da Reportagem

Os trabalhadores residentes nas áreas atingidas pelas chuvas em Cubatão poderão sacar até R$ 6.220,00 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O Ministério da Integração Nacional reconheceu o estado de emergência na cidade e liberou o saque para os trabalhadores que contam com saldo em conta.

A solicitação do resgate poderá ser feita em cerca de 20 dias. Uma agência da Caixa Econômica Federal será montada na Cidade especialmente para atender os beneficiados. Ainda não há uma estimativa sobre quantos trabalhadores serão atendidos. As chuvas, no final de fevereiro, atingiram 16 núcleos onde vivem 65 mil pessoas.

Na tarde desta terça-feira (5), o diretor de Segurança Pública, Genivaldo Brandão Linhares, e os secretários municipais de Habitação, Ricardo Soares Cretella, e de Assistência Social, Simone Aparecida dos Santos Lopes se reuniram com representantes do FGTS e da Caixa Econômica Federal para planejar a operação. O encontro ocorreu no Gabinete.

A coordenadora da área de pagamento do FGTS, Lucélia Covos Silva, informou que a liberação será feita para trabalhadores que ficaram desabrigados ou tiveram perdas durante as chuvas. Para solicitar o resgate, os interessados terão de apresentar cédula de identidade, CPF e carteira de trabalho, além de comprovante de residência nas áreas indicadas pela Prefeitura. “Pode ser conta de água, luz, telefone ou contrato de aluguel em nome do trabalhador e com data anterior a 120 dias (quatro meses). O atendimento deve começar dentro de 20 dias. Até lá, caso tenha perdido a documentação, poderá providenciar outra no posto do Poupatempo ou na CPFL”.

A secretária Simone Lopes informou que os interessados também poderão comprovar residência a partir de cadastro que será feito junto às assistentes sociais que já atuam nos bairros. “Por intermédio do registro de atendimento nos Centro de Referência da Assistência Social (Cras), nas Unidades Básicas de Saúde ou escola locais, poderemos emitir uma declaração oficial atestando que o trabalhador reside no bairro atingido”.

 As chuvas, no final de fevereiro, atingiram 16 núcleos onde vivem 65 mil pessoas (Foto: Divulgação)

O gerente da filial do FGTS em Cubatão, Gildásio Freitas Silveira, informou que portaria do ministério foi publicada na última quarta-feira (27/02). A partir daí, há o prazo para pagamento de 90 dias. O posto da Caixa para atendimento deve ser montado no prazo de 20 dias. Após a apresentação da documentação, o montante é liberado em cerca de cinco dias.

Também participaram do encontro a gerente administrativa da superintendência da Caixa, Valquiria Duarte; o gerente de atendimento de governo social, Fábio Sarlo Vilela; e o gerente geral da agência de Cubatão, Sidnei Pires.

Para ler mais notícias, curta a página do Diário do Litoral no Facebook, siga nosso Twitter ou adicione ao Google+

Comentar agora
imprimir enviar por e-mail

Link  

Enviar e-mail





Leia também:

Em Cubatão, famílias do Bolsão 9 estão apreensivas

Prefeitura e Cruz Vermelha organizam controle de doações em Cubatão

Maioria já retornou à Capital

Serra do Mar: Fim das invasões

Desabrigados de Cubatão recebem mais de 1.200 refeições diárias

comentários Comentários

Para poder comentar, você precisa estar logado.

Ou então, clique no botão abaixo para se cadastrar.

Cadastre-se

termos de uso



Possibilidade de pancadas de chuva a tarde

23
30
Mínima
Máxima