Entrada da Cidade

Elenco do filme 'Até que a sorte nos separe 2' grava em Las Vegas

Comédia de Roberto Santucci terá participações de Arlete Salles, Berta Loran, Rodrigo Sant'Anna, Henri Pagnoncelli e Anderson Silva

Comentar
Compartilhar
20 AGO 201301h32
Leandro Hassum está de volta ao personagem Tino, um homem com sorte para ganhar dinheiro, mas nenhum juízo para gastá-lo em “Até que a Sorte nos Separe 2”, continuação do maior sucesso de bilheteria do ano passado. O set brasileiro do novo filme da franquia terminou no Rio e agora elenco e equipe gravam em Las Vegas, onde a maior a parte do longa será filmada no universo dos cassinos, um paraíso para um gastador inveterado.
Roberto Santucci assina a direção da sequência e repete a bem-sucedida parceria com Paulo Cursino, que escreve o roteiro com Chico Soares. O filme é produzido pela Gullane em parceria com a Globo Filmes, e coproduzido e distribuído pela Paris Filmes, Downtown Filmes e pela RioFilme e Telecine.
Depois de perder toda a fortuna que ganhou na loteria em “Até que a sorte nos separe”, Tino (Leandro Hassum) volta a passar dificuldades financeiras ao lado da esposa Jane (Camila Morgado) e dos filhos Teté (Júlia Dalávia) e Juninho (Henry Fiuka). O que eles não esperavam é que Tio Olavinho fosse deixar uma herança de R$ 50 milhões ao morrer. Como último desejo, o ricaço exige que suas cinzas sejam jogadas no Grand Canyon. É então que Tino e a família resolvem dar uma passada em Las Vegas. Depois de se meter em muitas encrencas com um antigo conhecido, Tino vai contar com a ajuda do casal Amauri (Kiko Mascarenhas) e Laura (Rita Elmor).
 
No segundo filme de 'Até Que A Sorte Nos Separe', o papel de Jane ficou para Camila Morgado (Foto: Divulgação)
 
“Até que a sorte nos separe 2” traz ainda novidades no elenco. Arlete Salles (Estela), Berta Loran (Manuela) e Henri Pagnoncelli (Praxedes) se juntam a Rodrigo Sant?anna - de volta na pele de Manochaco. Outra grande participação fica por conta do lutador de MMA Anderson Silva, que dá vida ao personagem Andrew Silver. Neste filme, quem assume o papel de Jane, a esposa apaixonada de Tino, é a atriz Camila Morgado. Danielle Winits, que interpretou Jane no primeiro filme, não pode participar do longa por questões de agenda.
O filme, com lançamento marcado para as férias do próximo verão, foi realizado com patrocínio master da Brasilprev, patrocínio da XP Investimentos e apoio institucional da ANCINE - Agência Nacional de Cinema.
 
Sinopse do filme
Tino e Jane são salvos da falência pela inesperada herança do Tio Olavinho. O problema é que o testamento traz um pedido incomum: o ricaço deseja que suas cinzas sejam lançadas no Grand Canyon. Aproveitando a viagem, o casal resolve dar uma esticadinha em Las Vegas, a terra dos cassinos, uma tentação para o perdulário Tino.
 
Sobre o diretor
Roberto Santucci é formado em cinema pela Columbia College de Hollywood. Iniciou sua carreira nos Estados Unidos, trabalhando em filmes como “Código de Honra”, de Robert Mandel, e o premiado “Lendas da Paixão”, de Edward Zwick. No Brasil, dirigiu “Bellini e a Esfinge” e entrou na lista dos principais nomes do cinema nacional à frente do grande sucesso comercial “De Pernas pro Ar”, que levou aos cinemas mais de 3 milhões de pessoas, “De Pernas pro Ar 2”, e “Até que a sorte nos separe”.
 
Sobre a Gullane
Fundada em 1996, a Gullane é uma produtora de conteúdo para cinema e televisão que mantém participação ativa no crescimento do audiovisual brasileiro. Suas obras conquistaram reconhecimento da crítica e de um público cada vez maior. A qualidade técnica e artística identificada em cada produção tornou-se referência, garantindo à Gullane um espaço conceituado no mercado cinematográfico. Sua dedicação na produção é igualmente aplicada nas etapas de lançamento em festivais e no circuito comercial. Esse empenho permitiu à Gullane acumular mais de 100 prêmios em sua carreira, além de ter seus filmes nas seleções oficiais dos mais importantes festivais de cinema do mundo, como Cannes, Veneza e Berlim. Além de produções próprias, a Gullane amplia a carteira de projetos com parcerias no Brasil e no exterior. Por seu perfil empresarial, seu histórico criativo e seu expressivo volume de realizações, a Gullane está posicionada hoje entre as principais produtoras de conteúdo do Brasil.
 
Sobre a Paris Filmes
A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição, produção e exibição de filmes. A companhia está alicerçada em uma estrutura independente, onde a qualidade de seus produtos e o respeito com que se trabalha são elementos indispensáveis. Unidos, esses fatores fizeram e fazem da empresa hoje, uma das mais respeitadas e tradicionais distribuidoras do país.
A partir de 2011, a empresa passou a atuar também na produção de filmes brasileiros. O investimento foi um novo desafio que deu certo, desde sua primeira aposta, com o longa-metragem “De Pernas Pro Ar”, do diretor Roberto Santucci. Atualmente, 11 filmes já foram produzidos pela companhia, entre eles: “E Aí Comeu”, “Cilada.com” e “Minha Mãe É Uma Peça – o filme”.
Em 2009 a companhia conseguiu firmar seu espaço no mercado se tornando líder dentre as distribuidoras nacionais ao apoiar grandes e pequenas produções, nacionais e internacionais, dentre elas o fenômeno “A Saga Crepúsculo”. Em 2011, fechou o ano como a maior distribuidora independente e a 3ª maior em participação de market share. E no ano seguinte, confirmou seu espaço ao conquistar o 1º lugar em Market Share dentre todas as distribuidoras, majors e independentes, além de distribuir grandes sucessos como o filme brasileiro com maior
número de bilheteria no ano, “Até que a Sorte Nos Separe”, do diretor Roberto Santucci. Neste mesmo ano, a Paris Filmes lançou a nova franquia cinematográfica “Jogos Vorazes”, além de distribuir os premiados: “O Artista”, “A Dama de Ferro” e “Meia-Noite em Paris”.
Para 2013, as grandes produções incluem: “O Lobo de Wall Street”, de Martin Scorsese; “To the Wonder”, de Terrence Malick; Red 2, de Dean Parisot; Truque de Mestre, de Louis Leterrier; Escape Plan, de Mikael Hafstrom e Enders Game, de Gavin Hood; além das sagas “Instrumentos Mortais”, de Harald Zwart e o segundo filme da franquia Jogos Vorazes, “Em Chamas”, de Francis Lawrence. Entre as produções nacionais que contarão com distribuição da Paris Filmes os títulos serão: “Crô”, de Bruno Barreto, “Meu Passado Me Condena”, de Júlia Rezende e “Até que a Sorte nos Separe 2”, de Roberto Santucci.
 
O filme tem a direção de Roberto Santucci e o roteiro da dupla Paulo Cursino e Chico Soares (Foto: Divulgação)
 
Sobre a Downtown Filmes
Fundada em 2006, a Downtown Filmes é uma distribuidora independente que, a partir de 2008 especializou-se na distribuição do melhor do cinema nacional, em parceria com os principais produtores e diretores brasileiros. Isso garantiu à empresa o lançamento de grandes sucessos de bilheteria, como 'Meu Nome Não é Johnny', 'Divã' e 'Chico Xavier'.
Em 2011, foi responsável pela distribuição dos dois maiores sucessos do ano: as comédias 'De Pernas Pro Ar' e 'Cilada.com', que juntos venderam mais de 6.6 milhões de ingressos.
Outro lançamento importante foi o documentário 'Lixo Extraordinário', indicado ao Oscar® em 2011.
No final de 2012, a Downtown Filmes lançou outro sucesso de bilheteria: 'De Pernas Pro Ar 2', que ultrapassou a marca de 4,8 milhões de espectadores. No mesmo ano, a distribuidora também trabalhou os premiados longas 'Heleno' e 'Xingu'.
A empresa é dirigida por Bruno Wainer, que tem em seu currículo a distribuição de alguns dos maiores sucessos do cinema brasileiro, entre os quais se destacam: 'Olga', 'Os Normais', 'Central do Brasil' e 'Cidade de Deus'.
 
Sobre a Globo Filmes
Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 125 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, dramas e aventuras, apostando em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como 'Tropa de Elite 2', 'Se Eu Fosse Você 2', '2 Filhos de Francisco', „O Palhaço?, „Xingu?, 'Carandiru', 'Nosso Lar' e 'Cidade de Deus' – com quatro indicações ao Oscar. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.
 
Sobre o Telecine
Há 22 anos, a Rede Telecine estreia na TV brasileira o melhor do cinema mundial, cada vez mais rápido. Joint-venture entre a Globosat e os quatro maiores estúdios de Hollywood – Paramount, MGM, Universal e Fox –, também exibe com exclusividade as produções da Disney, além de sucessos do mercado independente. Visando investir cada vez mais na produção cinematográfica nacional, a Rede Telecine lançou em 2008 o Telecine Productions, selo de coprodução de títulos em parceria com grandes produtoras brasileiras. Além de estimular a
criação de novos filmes e garantir sua exibição com exclusividade nos canais da Rede, em algumas produções o Telecine exibe versões exclusivas. A Rede Telecine é líder absoluta entre os canais de filmes da TV por assinatura. Em 2013, pelo oitavo ano consecutivo, exibiu o filme mais assistido na TV paga brasileira. Com o menor índice de repetição e os maiores e mais recentes longas do mercado brasileiro, o Telecine reúne 7 das 10 maiores bilheterias do cinema em 2012. Nos últimos 20 anos, estreou com exclusividade 13 vencedores do Oscar de Melhor Filme.
 
Sobre a RioFilme
A RioFilme é uma empresa da Prefeitura do Rio de Janeiro vinculada à Secretaria Municipal de Cultura e atua nas áreas de distribuição, apoio à expansão do mercado exibidor, estímulo à formação de público e fomento à produção audiovisual, visando o efetivo desenvolvimento da indústria audiovisual carioca.
Fundada em 1992, a RioFilme desempenhou papel fundamental na revitalização do cinema brasileiro, e tem mantido sua importância, tendo lançado mais de 200 filmes nacionais no mercado - sucessos de público e crítica, como 'Baile Perfumado', de Paulo Caldas e Lírio Ferreira, 'Central do Brasil', de Walter Salles, 'Lavoura Arcaica', de Luiz Fernando Carvalho, 'Terra Estrangeira', de Walter Salles e Daniela Thomas, distribuição em vídeo, 'Amarelo Manga', de Claudio Assis, entre vários outros.
Em 2012, 'De pernas pro ar 2', de Roberto Santucci, fez mais de 4 milhões de espectadores, gerando um PIB de R$ 66,5 milhões e 'E aí, comeu?', de Felipe Joffily, e “Até que a sorte nos separe”, também de Roberto Santucci, que também tiveram público de mais de 2 milhões.
Além da distribuição de filmes, a RioFilme apoia eventos, como festivais, mostras e feiras ligadas ao mercado audiovisual. Exemplos de eventos apoiados pela empresa são o Festival do Rio, o Curta Cinema e a mostra de documentários É Tudo Verdade, além de premiações e pré-estreias.

Colunas

Contraponto