08h : 13min

Conheça o
Caderno + DL

Ler

Assine o Jornal por R$8
por mês no plano atual

AssineLer Jornal

Estudantes ocupam primeira escola da capital contra MP do ensino médio

Policiais estão do lado de fora da unidade e não houve registro de conflito até o momento, de acordo com a corporação

Comentar
Compartilhar
08 OUT 2016Por Estadão Conteúdo14h30

Estudantes ocuparam na noite desta sexta-feira (7), a Escola Estadual Caetano de Campos, próximo à Praça Roosevelt, na região da Consolação, no centro, contra a Medida Provisória que reforma o ensino médio no País, proposta pelo governo Michel Temer (PMDB). O colégio é o primeiro ocupado por alunos na cidade de São Paulo. 

Segundo a Polícia Militar, os alunos entraram na escola por volta das 23h30 e permanecem no local. Policiais estão do lado de fora da unidade e não houve registro de conflito até o momento, de acordo com a corporação.

Nas redes sociais, grupos de estudantes tentam arrecadar alimentos e produtos de higiene para os alunos da ocupação. Na página O Mal Educado, no Facebook, eles afirmam que o protesto é "contra a reforma empresarial do governo Temer e a PEC 241, que irão cada vez mais sucatear a educação pública e tratá-la como mercadoria." 

Em outros Estados, também houve ocupação de escolas. De acordo com a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), há 62 colégios tomados por estudantes no Paraná, Minas Gerais, Goiás, Brasília, Rio Grande do Norte e Mato Grasso. No interior de São Paulo, a Escola Estadual Professora Ossis Salvestrini Mendes, em Sorocaba, também está ocupada desde a quinta-feira (6).

 

 

Colunas

Contraponto

Construtora CredLar